Plantão
POLÍTICA:

Silvio Costa cogita candidatura avulsa...

Publicado dia 18/06/2018 às 11h07min | Atualizado dia 18/06/2018 às 11h14min
Deputado Sílvio Costa (Avante).

Mesmo sem palanque, o deputado federal e pré-candidato ao Senado Federal Silvio Costa (Avante) segue articulando e reunindo apoios interior adentro. Diante das dificuldades conjunturais, o parlamentar afirmou que está construindo a candidatura e não descarta a possibilidade de lançar-se de forma avulsa à Casa Alta. “Existe a possibilidade real de ser candidato sem coligação ou com partidos pequenos, sem candidato a governador”, declarou Costa.

Leia também:
Chega ao fim a aliança de Sílvio Costa com o PTB
Em encontro com Silvio Costa, Lula prega diálogo sobre a crise e garante que será candidato


Costa, todavia, lembrou que, no Brasil, há 35 partidos e está conversando com todas as legendas, com exceção do PSB, do governador Paulo Câmara, e do PSL, do deputado federal e pré-candidato à Presidência da República, Jair Bolsonaro. “Eu tenho plano a, b, c e o alfabeto todo de planos”, declarou ele, reiterando que será candidato ao Senado.

Crítico das gestões do PSB e aliado do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e da ex-presidente Dilma Rousseff (PT), o parlamentar disse que não quer barganhar espaços nas chapas da vereadora do Recife, Marília Arraes (PT), ou do senador Armando Monteiro Neto (PTB), a quem sempre foi ligado. Ele frisou que não participou dos atos de nenhum dos dois, apesar de manter relação com ambos. “Minha relação pessoal com Armando é inabalável. Mas podemos estar em campos políticos diferentes”, ponderou.Nos bastidores, comenta-se que teria uma vaga na chapa da petista, caso ela consiga ser candidata ao governo estadual. “Candidatura se constrói com o tempo e estou fazendo meu papel”, agregou.

Nas últimas duas semanas, Silvio Costa anunciou diversos apoios, com destaque para o prefeito de Serra Talhada, Luciano Duque (PT), que é um dos fiadores da postulação de Marília Arraes ao governo. O deputado angariou apoios de políticos do PSB, PT e PSDB no interior do Estado. Segundo ele, até de 15 de julho, com exceção da Região Metropolitana do Recife, terá fechado apoio formal em 134 municípios de prefeitos, ex-prefeitos, vereadores ou lideranças locais.

Fonte: FolhaPE

Fale Conosco

Centro Timbaúba
(81) 99112-3769 | | (81) 99699-1738
blogdocarlosaraujo2013@hotmail.com