Plantão
ESPORTES:

Sport é goleado e acumula quarta derrota seguida...

Publicado dia 30/07/2018 às 06h27min
Contra o Flamengo, neste domingo (29), o Sport foi dominado e, apático, saiu de campo goleado por 4x1

O torcedor do Sport deve ter, em si, dois sentimentos dominantes. A decepção, óbvia em momentos de má fase, foi aumentada neste domingo (29), na goleada sofrida para o Flamengo, no Maracanã, pelo placar de 4x1. O segundo seria algo relacionado à saudade, após esta quarta derrota seguida. A última vitória do Leão, nesta Série A do Campeonato Brasileiro, aconteceu há quase dois meses. Foi no dia 6 de junho, contra o Atlético/PR (1x0). Estacionado com 19 pontos, os pernambucanos estão na 12ª colocação. Já os cariocas seguem líder, com 34 pontos. Na próxima rodada, o Sport enfrentará a Chapecoense, domingo (5), na Ilha do Retiro.

Logo na premissa, era complicado confiar em uma vitória do Sport diante do líder Flamengo. E o atual retrospecto das duas equipes responde muito às dúvidas daqueles que acreditavam em um triunfo pernambucano. Enquanto o Leão não vence há cinco rodadas, com quatro derrotas no período, os cariocas foram derrotados apenas uma vez, em casa, nesta Série A

E, em campo, estas duas realidades puderam ser expostas. Foi possível, inclusive, ao final do primeiro tempo, perceber uma leve vantagem do Sport no quesito posse de bola, com 51%. Mas a lentidão do sistema ofensivo impedia a construção das jogadas. Apenas quatro finalizações foram protagonizadas. A única, em direção a Diego Alves, foi gol.

 

Com primeiro tempo arrasador, Atlético/PR goleia Vitória
Sem espaço, Índio deixa o Sport para atuar no Chipre

 

Àquela altura, o tento marcado pelo Sport deu esperanças. Afinal, era o empate, no último minuto do primeiro tempo, em um jogo onde o Flamengo comandava. Após abrir o placar, com Réver, que aproveitou uma cobrança de escanteio e venceu o goleiro Magrão, aos 14 minutos, os cariocas atacavam, mas deixavam espaço atrás. Não foram poucas as vezes que o trio ofensivo do Sport aparecia no mano a mano com a zaga adversária. O último passe, no entanto, segue sendo o problema. Seria, então, com o gol de Cláudio Winck, aos 44 minutos, a chance de o Leão voltar para o jogo? A resposta, após o intervalo, não foi nada agradável.

Em 20 minutos de segundo tempo, o placar já apontava uma goleada construída pelo Flamengo. Em sequência, três gols. O primeiro aos dois, com Lucas Paquetá; o segundo de Everton Ribeiro, aos cinco; e o terceiro de Uribe, aos 19, que contou até com uma falha do goleiro Magrão. Este último detalhe, inclusive, ilustra bem quão desastrosa foi a partida leonina. Ao contrário da etapa inicial, o Sportvoltou com a mesma deficiência ofensiva, mas pouco atento no setor defensivo. Diante de um Flamengo que aposta todas as fichas na velocidade e finalização, o resultado não poderia ser diferente. Até o fim do jogo, nada além de estancar a sangria poderia ser feito pelos pernambucanos, que se seguraram como puderam.

 

   Ficha do jogo

 

Flamengo 4
Diego Alves; Rodinei, Réver, Léo Duarte e Renê; Cuéllar, Lucas Paquetá e Diego (Paolo Guerreiro); Everton Ribeiro (Geuvânio), Marlos (Jean Lucas) e Uribe. Técnico: Maurício Barbieri

Sport 1
Magrão; Raul Prata (Cláudio Winck), Ronaldo Alves, Léo Ortiz e Sander; Deivid (Ferreira), Fellipe Bastos, Gabriel, Marlone e Michel Bastos (Carlos Henrique); Rafael Marques. Técnico: Claudinei Oliveira

Local: Maracanã (no Rio de Janeiro). 
Árbitro: Marcelo Aparecido Ribeiro de Souza (SP). 
Assistentes: Anderson José de Moraes Coelho e Bruno Salgado Rizo (ambos de SP). 
Gols: Réver (aos 14 do 1ºT); Cláudio Winck (aos 44 do 1ºT); Lucas Paquetá (aos 2 do 2ºT); Everton Ribeiro (aos 5 do 2ºT); Uribe (aos 19 do 2ºT)
Cartões amarelos: Léo Duarte (Flamengo); Raul Prata (Sport)
Público: 58.817
Renda: R$ 1.506.319,60

Fonte: FolhaPE