Plantão
ESPORTES:

COPA DO MUNDO: Eleito melhor em campo, Paulinho exalta Philippe Coutinho...

Publicado dia 28/06/2018 às 07h19min
Paulinho minimizou as críticas que fez neste Mundial e comentou sobre o gol que fez sobre a Sérvia após assistência de Coutinho

Autor do primeiro gol na vitória por 2x0 sobre a SérviaPaulinhofoi eleito o melhor jogador em campo pela Fifa nesta quarta-feira (27), em Moscou. Ao falar sobre sua atuação, lembrou-se de Philippe Coutinho, que deu um belo lançamento para que o volante tocasse por cima do goleiro Stojkovic e abrisse o placar.

"Todos sabem da minha característica, eu procuro me movimentar e fazer o grupo enxergar os espaços. O Coutinho viu e fez uma linda assistência. Eu sempre falei que é um craque, e ele mostrou isso com uma linda assistência", elogiou.

O titular da seleção se recusou a comentar a eliminação precoce da campeã mundial Alemanha nesta Copa, alfinetou quem o criticou pelas atuações nos outros duelos, contra Suíça e Costa Rica, mas destacou que a equipe precisa ter cautela para ser bem-sucedida na fase final.

"A respeito da Alemanha, nada a falar. Nossa preocupação é ir passando etapas. Sabemos a dificuldade que é, e hoje demos mais um passo, conseguimos a classificação. Sobre as duas primeiras partidas, depende muito de como enxergam. Talvez o Paulinho vá bem quando faz gol, talvez seja a observação de vocês (jornalistas). Minha preocupação é ajudar a equipe, independentemente se fizer gol ou não, para a seleção ir passando por etapas", disse o volante do Barcelona.

Paulinho também aproveitou para minimizar críticas que recebeu neste início de Copa do Mundo. "Minha carreira inteira foi assim [respondendo às críticas]. Mas sou um cara um pouco mais experiente, procuro sempre fazer o meu trabalho, escutar o mínimo possível as pessoas e a imprensa, principalmente, porque algumas coisas que se fala não são verdade. Aos 29 anos, estou acostumado com críticas e questionamentos, não preciso provar nada para ninguém. Preciso provar, sim, para a seleção brasileira e para meus companheiros. É por isso que estou aqui", argumentou.

O meia também reforçou o aspecto coletivo para relativizar a escolha como o melhor jogador em campo diante dos sérvios. "O mais importante para mim é a vitória, a classificação. Isso de melhor fica para o pessoal que faz a votação, mas a preocupação toda é me entregar para o elenco, para a seleção. Pouco a pouco (vamos) conquistando os objetivos."

Classificado em primeiro lugar no grupo E, o Brasil vai enfrentar o México nas oitavas de final, às 11h (de Brasília) da próxima segunda-feira, em Samara.

Fonte: FolhaPE

Fale Conosco

Centro Timbaúba
(81) 99112-3769 | | (81) 99699-1738
blogdocarlosaraujo2013@hotmail.com