Plantão
ENTRETENIMENTO:

Caminhada do Forró leva multidão às ruas do Bairro do Recife; veja fotos...

Publicado dia 15/06/2018 às 06h46min
Concentração da Caminhada do Forró aconteceu na Rua da Moeda, de onde o cortejo saiu com destino à Praça do Arsenal

As ruas do Bairro do Recife foram tomadas por muito forró e baião na noite desta quinta-feira (14). Cerca de 100 forrozeiros e estandartes com os três santos juninos - Santo Antônio, São João e São Pedro - guiaram uma multidão que acompanhou a 14ª Caminhada do Forró. Camisas xadrez, chapéu de palha e muito arrasta-pé fizeram parte do evento que abre os festejos juninosde rua na capital pernambucana. Em alguns momentos de chuva, a indumentária da multidão ganhou o auxílio - muito bem-vindo - dos guarda-chuvas.

cortejo partiu da Rua da Moeda com destino à Praça do Arsenal, onde um palco foi montado para apresentações de diversos artistas do Estado, como o cantor Josildo Sá, homenageado desta edição da caminhada, Maciel Melo, Nádia Maia e Petrúcio Amorim. 

A concentração contou com a forrovioca da Prefeitura do Recife, apoiadora do evento organizado pela Acontecer Projetos Culturais. Antes de o forró se espalhar pelas ruas do bairro, os cantores Pecinho Amorim e Ed Carlos interpretaram clássicos do ritmo. Difícil era ver alguém parado. A aposentada Terezinha Camargo, de 70 anos, convidava quem passava a dançar. "Venho há 10 anos e adoro. Amo o São João e não fico sem uma festa", disse.

Já o turismólogo Eduardo Santiago, 36 anos, veio pela segunda vez e lamentou o percurso curto. "Amo o São João, é a melhor festa do ano. Eu vim pela primeira vez em 2013, quando saía da Praça Maciel Pinheiro (bairro da Boa Vista, no Centro). Agora, infelizmente, está mais curta", contou.

Fantasiado de padre, o aposentado Eliúde Crespo, de 72 anos, fez questão de não deixar a tradição das quadrilhas de lado. "É uma coisa muito folclórica, e todo arraial de São João tem que ter um padre. Já vim de noivo, mas decidi inovar há dois anos", brincou. No arrastão, também havia mulheres usando mini-véus de noiva.

Por volta das 19h30, a caminhada começou sob uma chuva rápida, o que não desanimou quem acompanhava os sanfoneiros, zabumbeiros e tocadores de triângulo. Entre eles, Genival do Acordeon, de 71 anos, que embala o evento há 10 anos. "Toco desde os oito anos e tenho muito prazer de participar dessa festa. É uma atração maravilhosa, que dá o respeito a nós, nordestinos", afirmou.

O prefeito do Recife, Geraldo Julio, que esteve na concentração, reforçou o compromisso da gestão em dar lugar aos artistas de Pernambuco. "O São João do Recife vai ser uma grande festa e 100% pernambucana, valorizando nossa terra. Teremos 36 arraiais em toda a cidade, sendo o Sítio da Trindade o grande polo onde acontece as maiores festas", ressaltou.

Programação no Recife
As festas juninas na capital pernambucana acontecerão até o dia 8 de julho. Serão 36 arraiais e mais de 739 artistas locais, entre bandas, grupos de coco, xaxado, ciranda, bacamarteiros, além de trios de forró pé-de-serra, que, sozinhos, fazem mais de 291 apresentações.

O Sítio Trindade, maior polo do São João do Recife, contará com atrações como Geraldinho Lins, homenageado da festa deste ano, Silvério Pessoa, Josildo Sá, Novinho da Paraíba, Genival Lacerda, Lia de Itamaracá, Glorinha do Coco, Adiel Luna, Petrúcio Amorim, Nádia Maia.

Além disso, a Prefeitura irá montar arraiais em nove bairros da cidade: Bongi, em Brasília Teimosa, Campo Grande, Cordeiro, Ibura, Lagoa do Araçá, Totó, Vila Tamandaré e Parque Santana. Outros 17 arraias terão apoio da prefeitura nos bairros da UR-2 (Ibura), Córrego do Euclides, Iputinga (2), Campina do Barreto, Mangabeira, Chié, Morro da Conceição, Mustardinha, Casa Amarela, Cajueiro, Alto José Bonifácio, Várzea, Três Carneiros (Ibura), Madalena, Arruda e Alto José do Pinho.

 

Fonte: FolhaPE

Fale Conosco

Centro Timbaúba
(81) 99112-3769 | | (81) 99699-1738
blogdocarlosaraujo2013@hotmail.com