Plantão
BRASIL:

Prefeito,sete vereadores e secretário são presos por suspeita de pagamento de mensalinho...

Publicado dia 27/11/2018 às 09h01min
Prefeito preso pagava mensalinho de R$3 mil para vereadores aprovarem projetos

O prefeito Carlos Anibal Ruso Pedrozo, de Ladário (MS), a 410km de Campo Grande, foi preso na manhã desta segunda-feira (26) junto com 7 vereadores da cidade, e o secretário de educação, Helder Naulle Paes dos Santos Botelho, por suspeita de "conluio", uma espécie de acordo, entre os poderes legislativo e executivo para a aprovação de projetos.

 

Segundo o Procurador-Geral de Justiça do Estado de Mato Grosso do Sul, Paulo Cezar dos Passos, os vereadores recebiam dinheiro para aprovar projetos do interesse da administração municipal. Mandados de busca e apreensão também foram expedidos, e segundo o MP, uma quantia em dinheiro que supostamente seria paga aos vereadores foi encontrada, mas não foi divulgado onde.

Os mandados de suspensão do exercício de mandatos eletivos e de cargo público foram uma determinação do Desembargador Emerson Cafure, da Seção Especial Criminal do Tribunal de Justiça do Estado de Mato Grosso do Sul. O prefeito, o secretário e 7 vereadores são investigados pelos crimes de associação criminosa, corrupção ativa e corrupção passiva.

Ao todo, o Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado (Gaeco) cumpriu 9 mandados de prisão preventiva e notificação.Todos foram levados à delegacia de polícia civil de Ladário (MS) e estão a caminho do Centro de Triagem da capital. A audiência de custódia deve acontecer nesta terça-feira (26).

O vice-prefeito da cidade, Iranil Soares (PSDB) deve ser nomeado ainda nesta segunda-feira (26). Os suplentes dos vereadores presos também devem assumir os cargos nesta segunda. O novo secretário de educação ainda não foi definido. 

Fonte: PE10